A “nova pegada” dos eventos corporativos: geração de experiência e estratégias de marketing

Novos eventos corporativos são divulgados todos os dias. Para quem trabalha com marketing, estar a par do que acontece no setor é fundamental, especialmente porque os eventos continuam sendo um dos principais mecanismos de divulgação. 

Pesquisa feita pela Certain em 2016 aponta que 41% dos profissionais entrevistados acreditam que eventos são a tática de marketing mais efetiva. Além disso, 69% pretendem aumentar o orçamento destinado a eles. Estes profissionais perceberam um fato inegável no comportamento do consumidor: ele prefere pagar por uma experiência a pagar por um produto. 

De acordo com um estudo do Harris Group, realizado em 2017, 78% dos jovens com menos de 35 anos escolheriam gastar dinheiro em experiências e não em coisas e 55% deles alegaram estar investindo mais do que nunca em eventos que proporcionam vivências diferentes. 

O desejo pelo contato físico, pelo “face a face”, é uma característica dos millennials, da geração Y, aqueles que nasceram entre os anos 1980 e 1990. Este é o público-alvo de inúmeras marcas, que usam os eventos como estratégia para manter contato próximo com os consumidores. É uma maneira viável de ganhar credibilidade, tornar a marca mais conhecida e atrair e fidelizar clientes. 

Dentro dessa perspectiva, o espaço para eventos corporativos tradicionais, nos quais os participantes não interagem com o que está sendo promovido, tornou-se extremamente limitado. A mentalidade do público-alvo mudou – faz-se necessário, portanto, que os organizadores e promotores de eventos acompanhem esta mudança. 

Quando falamos de eventos corporativos, referimo-nos a congressos, conferências, mesas redondas, painéis, palestras, fóruns e todos os eventos organizados por empresas e que reúnem colaboradores, clientes ou prospects em torno de um assunto principal: apresentação de um novo produto, motivação da equipe, momentos de descontração, etc. 
Seja qual for este assunto, a “nova pegada” exige que os padrões sejam quebrados e que o foco esteja em proporcionar boas experiências ao público. Isto contribui muito para o resultado final do evento, inclusive no que diz respeito à divulgação – se o participante gostar do que viveu, falará bem da marca. 

Uma das premissas fundamentais para fazer do evento um sucesso no que diz respeito ao marketing é estabelecer um objetivo a ser alcançado. O evento é um meio para um fim – a audiência espera obter resultados a posteriori. Um exemplo simples: se o seu público-alvo é formado por vendedores, presume-se que eles queiram saber como aumentar suas conversões. Você pode organizar um evento com palestras ministradas por gestores de empresas que são referência no assunto, reservar um momento para networking, etc. São ações que têm aplicações práticas no dia-a-dia dos que participam. 

A geração de experiência surge nos momentos de interação, seja em um bate-papo, em stands nos quais é permitido interagir com produtos ou ferramentas tecnológicas ou da exposição de conhecimentos teóricos através de abordagens diferenciadas. 
Um fator importante também precisa ser salientado: normalmente as pessoas procuram eventos, palestras, workshops, etc., a respeito de assuntos que não dominam totalmente. Elas se interessam justamente porque enxergam oportunidades de conhecer/aprofundar o conhecimento que têm sobre alguma coisa. 

O conteúdo criado a partir do tema do evento, portanto, precisa ser relevante para sua audiência. Qual diferencial sua empresa tem a oferecer? O que ela pretende compartilhar? Uma expertise, uma novidade, um produto? Os mecanismos de divulgação do evento e os temas abordados nele exigem, por si só, uma linha de raciocínio estratégica – para que meu evento seja um sucesso de marketing, como vou estruturá-lo e divulgá-lo? Mais uma vez, a chave é conhecer os interesses do público-alvo. 
  
Já falamos, aqui no nosso blog, sobre maneiras de mensurar os resultados do seu evento e como organizar um evento corporativo de sucesso. Somando o conteúdo deste post às dicas já dadas, você tem tudo nas mãos para fazer de um evento seu grande aliado! Depois, compartilhe conosco sua experiência!